Eliminatórias do Visa têm atuações de impacto

A valsa O Vôo da Mosca, de Jacob do Bandolim, tornou-se a vedete do 7.º Prêmio Visa de Música Brasileira - Edição Instrumental. De dificílima execução, a composição de 1.570 notas, agrupadas sem pausa para respirar, é um desafio para qualquer instrumentista mostrar habilidade. Anteontem foi a vez de o jovem bandolinista Danilo Brito, paulista de 19 anos, lançar-se à impetuosa tarefa, abrindo de maneira impressionante sua apresentação na quarta eliminatória do Visa. Hoje, na quinta eliminatória do prêmio, quem a encara é outro precoce expoente do mesmo instrumento, o gaúcho Henry Lentino. O Vôo da Mosca já foi executada duas vezes na terceira eliminatória, pela dupla Dirceu Leite e Gabriel Improta e pelo Choro Elétrico: 4x0. Jacob é um dos compositores com maior número de músicas nesta fase do Visa. Só perde para Pixinguinha. O bandolinista Aleh Ferreira, de São Paulo, por exemplo, abriu o programa de anteontem com o acelerado Diabinho Maluco, de Jacob. O violonista Francisco Frias, de Niterói-RJ, entrou com duas composições próprias. O casamento de jazz com samba deu as caras na apresentação do trio Nelson Faria, de Belém-PA, Ney Conceição, de Belo Horizonte-MG, e Kiko Freitas, de Porto Alegre-RS. E, para encerrar, veio Danilo Brito que, apesar da pouca idade, se iguala a muito veterano por aí. Em matéria de bom repertório, a quinta eliminatória, hoje, promete outros vôos sobre clássicos e raridades de Chiquinha Gonzaga, Tom Jobim, Pixinguinha e outros. As atrações são os paulistanos Trio Setó (violão, percussão, contrabaixo), João Luiz e Douglas Lora (violões), o gaúcho Henry Lentino (bandolim) e o carioca Pablo Lapidusas, sozinho ao piano. 7.º Prêmio Visa de Música Brasileira - Edição Instrumental - Espaço Promon, com capacidade para 350 pessoas, na Avenida Juscelino Kubitschek, 1.830, Itaim. Tel.: 2108-6771 ou pelo site www.premiovisa.com.br. Hoje, às 21 horas. Grátis. Os convites devem ser retirados a partir das 14 horas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.