Eliane Coelho abre o fim de semana de Campos do Jordão

Pela última vez no País em 1999, quando interpretou o papel de Cio Cio San em uma montagem da ópera Madame Butterfly, na terceira edição do Festival Amazonas de Ópera, a soprano Eliane Coelho faz, sexta-feira à noite, a abertura da programação do último fim de semana do 31.º Festival de Inverno de Campos do Jordão. Acompanhada pela Orquestra Sinfônica Paulista, regida por Abel Rocha, Eliane interpreta as Quatro Últimas Canções, de Richard Strauss. A soprano carioca é um daqueles casos de artistas brasileiros que, aclamados na Europa, permanecem no ostracimo dentro do País. Integrante da Ópera de Viena, cidade na qual reside atualmente, Eliane graduou-se na Escola Superior de Música e Teatro de Hannover, participando também de cursos na Itália com Gino Becchi, Lídia Agosti e Favaretto. Na década de 70, além de participar de concertos com o Conjunto de Música Moderna de Hannover, participou de recitais e festivais na Alemanha, Suíça, Itália e Inglaterra. De 76 a 78, atuou como membro da Ópera de Frankfurt. Atualmente, é contratada da Ópera de Viena. Em seu currículo estão apresentações ao lado de grandes nomes da cena lírica, como Plácido Domingo, Samuel Ramey e José Carreras. Além disso, Eliane tem em seu repertório uma série considerável de heroínas como Tosca, Arabella, Madame Butterfly, Mimi, Maria Stuart, Aida, Donna Anna, Alice, Rusalka, Elektra, Lulu... A lista é longa, mas em todas elas há algo em comum: o poder interpretativo de Eliane que, aliás, procura personagens que tenham personalidade forte e apresentem desafios dramáticos. Cantar Strauss, para Eliane, não é novidade. Dentro de seu vasto repertório, a princesa dançarina Salomé, da ópera de mesmo nome do compositor alemão, merece destaque, sendo um de seus papéis preferidos.As Últimas Quatro Canções, no entanto, pouco têm que ver com o temperamento caprichoso de Salomé. Compostas em 1948, esse conjunto de peças é um dos últimos escritos do compositor, que morreria um ano após escrevê-las. Três delas são baseadas em poemas de Herman Hesse e, a última, Im Abendrot (Ao Anoitecer) tem como inspiração a poesia de Joseph Eichnendorf. De certa forma, essas canções mostram-se como o testamento final de Strauss que, nelas, dá indicações de temas de sua obra Morte e Transfiguração.A programação de encerramento do festival segue, sábado, com a apresentação da Banda Mantiqueira na Praça Capivari. Seus integrantes vão interpretar composições de João Bosco, Aldir Blanc, Sony Rollins, Rubens Leal Britto, Nailor Azevedo, Guinga, Nélson Cavaquinho, Cartola e Braguinha. Também na Praça Capivari, a Big Band, composta pelos bolsistas do núcleo de estudos de música popular do festival, apresenta-se com um repertório que vai de Glenn Miller a Carlos Gardel. Logo depois, o Quinteto Plátanus do Conservatório de Tatuí faz um show em que interpreta sucessos da MPB e da bossa nova. À noite, no Auditório Cláudio Santoro, a Orquestra Sinfônica do Estado de São Paulo (Osesp) interpreta a Nona Sinfonia de Beethoven, uma das mais populares obras sinfônico-corais do repertório. Prova disso é o fato de os ingressos para as apresentações que o grupo programou para a Sala São Paulo (para hoje e para domingo) terem se esgotado em menos de uma hora. A regência será de Roberto Minczuck com a participação de Adélia Issa, Céline Imbert, Fernando Portari e Dean Peterson como solistas. A Osesp interpreta, também, composições do inglês James Mc Millan. O encerramento oficial ocorre no domingo, quando, às 17 horas, a Sinfonietta do Festival, composta pelos bolsistas do núcleo de música erudita, mostra o trabalho desenvolvido durante o mês. A regência será de João Maurício Galindo. 31.º Festival de Inverno de Campos do Jordão - Sexta, às 21 horas, Eliane Coelho e Orquestra Sinfônica Paulista. Auditório Cláudio Santoro. Avenida Doutor Arrobas Martins, 1.880. R$ 10,00. Sábado às 12 horas, Banda Mantiqueira. Praça do Capivari. Avenida Macedo Soares s/n.º. Grátis. Às 21 horas, Orquestra Sinfônica do Estado de São Paulo e Coral Sinfônico do Estado de São Paulo. Auditório. R$ 10,00. Domingo, às 12 horas, Nouvelle Cuisine. Praça. Grátis. Às 17 horas, Orquestra de Câmara e Sinfonieta de Bolsistas. Auditório. R$ 5,00. Informações (12)262-2334. Até domingo

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.