Edu Lobo já está consciente e conversando

No início da tarde, o compositor Edu Lobo, que foi submetidonesta madrugada a uma cirurgia de emergência no cérebro, já estava consciente e falando. Ele está internado no Centro de Terapia Intensiva (CTI) da Clínica São Vicente, no Rio, e seu quadro éestável. A operação, uma microcirurgia para clipagem (fechamento) do aneurisma, feita pelo neurocirurgião Paulo Niemeyer Filho, umdos maiores especialistas do País na área, levou cinco horas ? da zero hora às 5 horas. O procedimento foi acompanhado peloneurologista Sérgio Novis, o cardiologista Claudio Domenico e clínico geral Jorge Spitz. Edu chegou à São Vicente na noite de domingo com forte dor de cabeça.Em boletim médico divulgado hoje pela manhã, a equipe informou que a hemorragia que ele sofreu era aguda. À tarde, no CTI, opaciente recebeu a visita de familiares, com quem conversou. Não há previsão de alta, segundo a clínica. O compositor, que é carioca, tem 60 anos ? no próximo domingo, faz 61. Segundo sua assessoria de imprensa, ele tem temporada de 2 semanas agendada para setembro no Baretto, em São Paulo,onde já se apresentara em junho, com casa lotada. A estréia está marcada para o dia 1º. No show, ele canta e toca violão,acompanhado de um pianista, um baixista e um baterista.A assessoria também informou que Edu está começando a trabalhar um novo CD, com canções inéditas e outras já gravadas poroutras pessoas.Filho do compositor Fernando Lobo, o músico deu início às comemorações de seus 40 anos de carreira, marcadas para o anoque vem. Foi em 1965 que ele venceu com Arrastão, parceria com Vinicius de Moraes defendida por Elis Regina, o FestivalNacional de Música Popular.Quatro anos antes, com 18 anos, ele já se apresentava em shows com amigos como Dori Caymmi e Marcos Valle. Entre asparcerias mais importantes, estão as com Chico Buarque, Ruy Guerra e Vinicius de Moraes. Edu compôs trilhas para teatro ecinema, sendo a última, Cambaio, de 2001, com Chico.

Agencia Estado,

23 de agosto de 2004 | 19h08

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.