Ed Motta negocia com a Trama

Depois de dois anos de contrato com a Universal Music, o cantor Ed Motta negocia agora o futuro de sua carreira com a gravadora Trama, de João Marcelo Bôscoli. Com o recém lançado Dwitza embaixo do braço, o sobrinho de Tim Maia vem se reunindo há uma semana com a equipe da Trama para acertar os últimos detalhes de sua contratação.Em uma fase mais experimentalista, o cantor indica que pretende continuar ousando, e parece encontrar na Trama um espaço privilegiado para isso. Desmentindo rumores de um possível desentendimento entre Motta e a Universal, a assessoria da gravadora afirma que se trata apenas de uma questão de prazo de contrato. Segundo a Trama, as negociações estão em ritmo acelerado, e o acordo deve sair nas próximas semanas.

Agencia Estado,

27 de agosto de 2002 | 10h23

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.