Ecad festeja aumento de 10% na arrecadação

O Ecad (Escritório Central de Arrecadação e Distribuição) festejou hoje um aumento de arrecadação de direitos autorais (entre eles, intérpretes, compositores, músicos e produtores). Segundo o escritório, a arrecadação aumentou 10% em relação ao primeiro trimestre do ano passado. Nos primeiros três meses de 2002, o Ecad arrecadou cerca de R$ 37 milhões. Segundo o órgão, isso significa que o valor distribuído também subirá em relação ao ano anterior.Em 2001, o Ecad arrecadou R$ 157 milhões, quantia que já significava 40% a mais que no ano anterior e quase o dobro do que foi levantado em 1997. O aumento de arrecadação se dá num momento de crise da indústria fonográfica, e se explica pela intensificação de processos na Justiça pelo não-pagamento de direitos ? já são 7 mil processos em curso, além de diversos acordos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.