Ecad cobrará download de músicas

Daqui a dois meses, o Escritório Central de Arrecadação e Distribuição (Ecad) e as associações brasileiras de músicos começam a cobrar direitos autorais em músicas veiculadas na internet. A medida vale não apenas para download mas também para a escuta. Roberto Mello, presidente da Associação Brasileira de Música (Abramus), diz que a negociação com redes e provedores não é fácil ?porque temos que convergir os interesses dos titulares dos fonogramas (produtores), dos editores, autores, intérpretes e músicos, mas está quase em formato final?.A arrecadação ficará a cargo do Ecad e a autorização para veiculação das músicas deverá ser feita pelos próprios titulares. Os valores ainda não estão definidos, mas poderão chegar a 7,5% nos sites em que houver faturamento.Fonte: Agência Brasil.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.