Dor e beleza em "Vozes do Holocausto"

Trazido ao Brasil pelo maestro baiano Cícero Alves Filho, o tocante espetáculo "Vozes do Holocausto" será apresentado nesta terça-feira, às 20h30, no Teatro Cultura Artística, como parte integrante das comemorações pelos 70 anos da Congregação Israelita Paulista (CIP). O concerto reúne canções compostas durante a 2.ª Guerra Mundial pelo povo judeu. Na época, não foram registradas no papel: eram passadas de boca em boca e assim se mantiveram por anos.Originalmente em iídiche, algumas músicas ganharamversão em inglês para o espetáculo. "As letras são sofridas, masas melodias, belíssimas", diz o maestro Cícero Alves Filho."Para aquele período, essas músicas simbolizavam resistência deespírito e registro do que estava acontecendo ali."A apresentação faz-se em cinco momentos, seguindo umacronologia: o começo do Holocausto e o incêndio das aldeias; avida nos guetos; a esperança; a realidade das crianças e seuspais no Holocausto; e a resistência. O ator Dan Stulbach fazparticipação especial nos intervalos, para contextualizar cadauma das canções.É a segunda vez que "Vozes do Holocausto" é apresentadono País. A primeira audição ocorreu em maio deste ano, na Bahia,com a presença do maestro americano Russel Shelley, que oregente baiano conheceu nos EUA. Segundo Alves Filho conta, otrabalho de resgate dessas canções teve início com a iniciativade duas pesquisadoras da comunidade judaica, que as registraramem livros. Em 2004, o jovem compositor Sheridan Seyfriedtrabalhou na orquestração dessa coletânea. O espetáculo ganhouformato para ser executado por grupo de câmara, e coros infantise de adultos.Alves Filho estava nos EUA, dando aulas de músicabrasileira, na Pensilvânia, quando recebeu o convite do maestroamericano para assistir à première de "Vozes do Holocausto".Shelley deu-lhe as partituras e pediu para o brasileiro criarsua versão ao espetáculo. "Mudou minha realidade porque sempretrabalhei com corais performáticos e, para este concerto, mudeipara um estilo tradicional." Vozes do Holocausto. Espetáculo é apresentado em iídiche e em inglês. Teatro Cultura Artística - Sala Esther Mesquita. RuaNestor Pestana, 196, (11) 6808-6260. 3.ª, 20h30. R$ 70 a R$130

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.