Doors indenizam ex-baterista do Police

Ray Manzarek e Robbie Krieger, dois dos fundadores doThe Doors, tiveram de desembolsar uma quantia não revelada emdinheiro para acalmar os ânimos de Stewart Copeland. Oex-baterista do The Police foi convidado para fazer uma turnê nanova encarnação da banda californiana, que agora tem Ian Astbury, do The Cult, no lugar de Jim Morrison. O problema é queCopeland ficou doente e acabou sendo substituído sem maioresexplicações. Os advogados de ambas as partes disseram que tudoestá resolvido e que o The Doors pode trabalhar com obaterista no futuro. Inicialmente, ele havia pedido US$ 1 milhãode indenização. Paralelamente, o baterista original da banda,John Densmore, também está processando os ex-colegas pelo uso donome do grupo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.