Do Japão, a obra de Luiz Bonfá entra na Internet

Todas as manhãs, desde 1969, os moradores das pequenas cidades ao redor de Osaka, no Japão, podem conferir a previsão do tempo no canal 10, a Yomiuri TV, ouvindo o jingle de uma canção brasileira. Aqueles que estão de olho no uso do guarda-chuva ou de um casaco pesado já aprenderam a ouvir a faixa I Can´t Give You Anything But Love, Baby, que o músico carioca Luiz Bonfá incluiu em seu álbum The Brazilian Scene, gravado em 1966."Estamos ouvindo essa música há 30 anos!", explica Koichi Yasuoka, professor de tecnologia de informação na universidade japonesa de Kyoto, em entrevista ao Estadao.com.br. "Comecei a tocar violão no começo de minha adolescência e a música de Bonfá foi uma influência tão forte, que me tornei um grande fã de seu trabalho", conclui.Tanto é o apreço de Yasuoka pela obra de Bonfá que o acadêmico criou o website mais completo de referência sobre o acervo do compositor de Manhã de Carnaval. Luiz Bonfá Discography (http://www.kudpc.kyoto-u.ac.jp/~yasuoka/Bonfa/) reúne todas as capas, ficha técnica, lista de canções e particularidades dos álbuns gravados pelo músico e outros intérpretes como Pery Ribeiro, Caterina Valente, Astrud Gilberto, Quincy Jones, Elvis Presley, Frank Sinatra, George Benson, Yana Purim e Ithamara Koorax.Yasuoka começou a montar sua página na Internet sobre Bonfá há cinco anos. Na ocasião, o acadêmico havia acabado de casar-se com Motoko Yasuoka, pesquisadora de caligrafologia chinesa. "Para criar o website foram necessários dois anos", explica o professor. "Mas levou mais de 20 anos para eu conseguir reunir todos os álbuns dele".Apenas dois título faltam na discografia compilada por Yasuoka: Le Roi de la Bossa Nova, versão em francês de Brazil´s King of the Bossa Nova and Guitar; e Caterina Valente canta Luiz Bonfá. Yasuoka explica que sua coleção também não inclui os SPs e EPs gravados no Brasil, entre eles, Luiz Bonfá e Silvia Telles e Bonde Tijuca/Bom que Dói.Segundo Yasuoka, alguns LPs de Bonfá disponíveis nos EUA têm títulos e capas diferentes dos lançados internacionalmente como são os casos de Brazilian Guitar (conhecido fora dos EUA como Alta Versatilidade); Softly (O Violão e o Samba); Brazil (Bonfá Burrows Brazil). "Por causa dessa confusão de títulos e capas, os fãs de Bonfá são enganados ao comprar as versões americanas desses álbuns, achando que elas são novidades", aponta.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.