Bjorn Larsson Rosvall /TT News Agency/via REUTERS
Bjorn Larsson Rosvall /TT News Agency/via REUTERS

DJ sueco Avicii é enterrado no cemitério do Bosque de Estocolmo

Cerimônia contou apenas com a família e amigos mais íntimos

AFP

12 Junho 2018 | 11h08

O enterro do sueco Avicii, considerado um dos melhores DJs do mundo, aconteceu de forma reservada na última sexta-feira, 8, informou seu agente à AFP nesta terça-feira.

"Tim Bergling (verdadeiro nome de Avicii) foi enterrado na sexta-feira no cemitério Skogskyrkogården de Estocolmo", disse o agente Ebba Lindqvist. "Apenas sua família e seus amigos mais íntimos estiveram presentes", acrescentou.

++ Avicii lutou contra problemas de saúde para fazer o que mais queria, música

Estrela da música eletrônica, Tim Bergling foi encontrado morto em 20 de abril em Mascate, capital de Omã, onde estava de férias com amigos. Dias depois da morte de Avicii, sua família publicou uma carta aberta, dizendo que o artista "não podia mais" e "queria paz". Questionada pela AFP, uma porta-voz do artista não quis comentar a causa da morte, ou se foi suicídio.

Nos últimos anos, o sueco não escondeu seus problemas de saúde, como sua pancreatite provocada por um consumo excessivo de álcool. Há dois anos, surpreendeu ao anunciar que se retirava.

Durante sua carreira, Avicii colaborou com artistas de perfis tão diversos como Madonna, Coldplay, ou David Guetta. Em 2012 e 2013, foi reconhecido como o melhor disc-jóquei do mundo pela revista DJ Magazine.

Skogskyrkogården (Cemitério do Bosque) fica no sul de Estocolmo e faz parte do patrimônio mundial da Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco). Nesse lugar, também está enterrada a atriz sueco-americana Greta Garbo.

Mais conteúdo sobre:
DJ AviciiEstocolmo [Suécia]

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.