DJ Fatboy Slim leva 150 mil à Praia do Flamengo

O show do DJ inglês Fatboy Slim atraiu pelo menos 150 mil pessoas à Praia do Flamengo, ontem à tarde. Os fãs começaram a chegar às 8 horas. Apesar da multidão, o clima foi de tranqüilidade no Aterro do Flamengo. Não houve qualquer tumulto até o início da noite. Mil seguranças particulares ficaram espalhados pelo asfalto do Aterro, na areia da praia e nas proximidades do palco.A previsão era de chuva, mas minutos antes das 19 horas, na contagem regressiva para a entrada no palco de Fatboy Slim, a lua cheia surgiu entre as nuvens, eliminando o temor de que uma tempestade estragasse a festa. O cantor correspondeu às expectativas e empolgou o público nas primeiras batidas. O Corpo de Bombeiros registrou 57 atendimentos médicos, a maior parte por embriaguez. Só um apresentou gravidade: um homem que sofreu um acidente vascular cerebral.O evento Nokia Trends estava marcado para as 16 horas e começou com meia hora de atraso, com apresentação do DJ carioca Patife - acompanhado dos cantores Stamina e Cleveland -, que esquentou o público. Mas animação só tomou conta mesmo da platéia às 17h20, com o paulista Marky. O inglês John Carter, que começou seu show às 18 horas, entediou um pouco a platéia que lotava o Aterro.A festa é a primeira fora da Inglaterra nos moldes do Big Beach Boutique, evento que Fatboy comandou na Praia de Drighton, que chegou a atrair público de 250 mil pessoas. Para o evento carioca, o DJ inglês preparou uma música especial. Seu show também foi acompanhada do mar. Dez iates se posicionaram perto do palco, muitos com artistas famosos, como Luana Piovani, Rodrigo Santoro e Dado Dolabela. Para eles, a festa começou mais cedo. DJs contratados animaram a tarde de quem estava embarcado.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.