DJ britânico Carl Cox chega ao Brasil

Cortejado infrutiferamente nosúltimos cinco anos para vir ao Brasil, chega enfim ao Rio o DJbritânico Carl Cox, que disputa o título subjetivo de "o melhordo mundo" com Sasha, Paul Oakenfold, Paul van Dyck e JohnDigweed, entre outros. Falando por telefone à reportagem, Coxconta que chega com disco novo na bagagem (já tem título: TheSecond Sign), e revela que está sem gravadora. O novo álbumtem participação da cantora Neneh Cherry e do produtor e DJ RoniSize. Carl Cox é a cereja no bolo do projeto de verão BavariaVibe. Ele toca sábado no Rio. Assiste aos desfiles no balneárioe, na segunda, toca na Praia de Maresias, no litoral paulista. O DJ desmentiu que tenha esnobado o Rock in Rio, emjaneiro. Ele era nome certo no festival. "Estava com uma agendacomplicada, ia tocar na África do Sul, nas Ilhas Maurício e naTailândia. Muita gente me aconselhou a vir, mas pode ter certezaque não vou perder o próximo", contou. Nascido em Manchester, filho de imigrantes que vieram deBarbados para a Inglaterra, Cox desfruta de grande popularidade nanoite. "Há uma diferença brutal entre tocar no Velvet (clube deLondres) e tocar numa praia do Brasil", explica. "Em Londres,predomina o techno europeu, há um nível de competição eexigência; aqui, estarei completamente solto e desencanado."

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.