Diva Kate Bush volta aos palcos após 35 anos

Cantora fará 15 concertos no Hammersmith Apollo de Londres, entre agosto e setembro

Jotabê Medeiros, O Estado de S. Paulo

23 de março de 2014 | 10h00

 Em 1979, aos 20 anos, quando estava no auge da carreira, a cantora britânica Kate Bush subitamente deixou de se apresentar ao vivo. Continuou gravando com êxito, mas nunca mais cantou em público. Após um hiato de 35 anos, ela anunciou na sexta que voltará a se apresentar.

Kate Bush fará 15 concertos no Hammersmith Apollo de Londres, entre agosto e setembro, parte da turnê Before the Dawn. Assim, Kate voltará ao mesmo teatro onde se apresentou pela última vez, em 14 de maio de 1979. O motivo do trauma que a afastou dos palcos por tanto tempo foi a morte, naquele ano, do engenheiro de luz Bill Duffield, que caiu de uma altura de 20 metros durante a turnê.

É mais ou menos consenso que, sem ela, a vida teria sido mais difícil para Björk, Tori Amos, Regina Spektor, Fiona Apple ou Joanna Newsom. Claro que já existiam Kim Carnes e Bonnie Tyler, mas ela além de tudo tinha o componente teatral, a dança, mais exacerbado. Também já ensaiava avançar sobre temas que Madonna mais tarde tomaria como bandeiras, como o homossexualismo e a liberação feminina.

Sua música mais conhecida é Wuthering Heights, que ela compôs quando tinha apenas 18 anos, baseada no romance do século 19 O Morro dos Ventos Uivantes, de Emily Brontë. A canção é sobre o fantasma da personagem Cathy, que se sente solitária no Além e ressurge para acariciar a face do seu herói Heathcliff.

Tudo o que sabemos sobre:
Música

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.