Disco traz faixas ao vivo do Joy Division

Inédito no Brasil, sai um disco novo de uma banda seminal dos anos 80, o grupo britânico Joy Division, a mais sombria sacada de onde o mundo pop se enxergou naquela década de pioneirismos.The Complete BBC Recordings (Zomba) foi gravado durante um show de John Peel em janeiro e novembro de 1979 e mostra várias preciosidades. Uma das principais é uma entrevista de três minutos com Ian Curtis, o líder suicida do pós-punk Joy Division, jamais lançada antes. Participa também o baterista Stephen Morris.Em 18 de março de 1980, Ian Curtis se mataria em seu apartamento, pouco antes de uma excursão marcada para os Estados Unidos. O disco traz as seguintes faixas: Exercise One, Insight, She´s Lost Control (duas versões), Transmission (duas vezes), Love Will Tear Us Apart, 24 Hours, Colony e Sound of Music. O Joy Division foi formado em Manchester, Inglaterra, em 1976, e seu primeiro nome foi Stiff Kittens (depois Warsaw). Tinha Ian Curtis, Bernard Sumner, Peter Hook e o baterista Terry Mason (depois dele, vieram ainda Tony Tabaco e Steve Brotherdale até o baterista definitivo Steve Morris). O nome da banda mudou para Joy Division em 1978, porque seus integrantes descobriram que já havia outro grupo punk com o nome Warsaw. Joy Division saiu do título de um romance sensacionalista sobre campos de concentração nazistas. Naquele mesmo ano, o grupo gravou um álbum que não vingou. Só em 1979 eles estrearam com Unknown Pleasures, pelo selo independente Factory. Curtis causou polêmica por suas atuações intensas - muito do que hoje faz Thom Yorke, do Radiohead, já estava no seu tour de force - e também por brincar com insígnias nazistas.Serviço - Joy Division - The Complete BBC Recordings. Zomba Records. Preço médio: R$ 29,00. Nas lojas

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.