Arquivo/Agência Estado
Arquivo/Agência Estado

Dinho Ouro Preto continua na UTI, mas exames indicam melhora

Líder do Capital Inicial caiu de palco durante show e sofreu traumatismo craniano leve; não há previsão de alta

Fabiana Marchezi, da Central de Notícias,

02 de novembro de 2009 | 17h09

O cantor Dinho Ouro Preto, do grupo Capital Inicial, continua internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI), no Hospital Sírio Libanês, região central de São Paulo, com quadro de leve traumatismo craniano e pequenas fraturas nas costelas.

 

De acordo com boletim médico divulgado pelo hospital na tarde desta segunda-feira, 2, após realização de exames nesta manhã, os resultados mostraram melhoras no quadro clínico. O cantor, porém, deve permanecer internado para monitoramento e realização de novos exames. Não há previsão de alta.

 

Dinho caiu de um palco de cerca de 3 metros de altura na noite de sábado, 31, durante um show na cidade de Patos de Minas, na região do triângulo mineiro. Segundo nota divulgada pela assessoria de imprensa do cantor, Dinho passa bem, está lúcido e se alimenta normalmente. Na nota, a família do cantor e a banda agradecem aos fãs e a todos que enviam mensagens de força e carinho.

 

"Nesse momento, Dinho precisará do apoio de todos para que consiga descansar com o máximo de tranquilidade possível para que a recuperação seja rápida como todos desejam", diz o comunicado.

 

Por essa razão, a banda cancelou os shows marcados para novembro nas cidades de Uberlândia, em Minas, Fortaleza, no Ceará, Mossoró, no Rio Grande do Norte, São Jerônimo, no Rio Grande do Sul, e Juiz de Fora, em Minas Gerais.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.