Desert Trip, festival que reuniu grandes nomes do rock, não vai acontecer novamente em 2017

Evento reuniu Rolling Stones, Paul McCartney, Bob Dylan, The Who e Neil Young na Califórnia em outubro de 2016

Jacey Fortin, The New York Times

13 Maio 2017 | 15h06

O Desert Trip, festival de música que foi realizado em dois fins de semana do ano passado em Indio, Califórnia, teve um line-up com os pesos pesados do rock clássico, incluindo os Rolling Stones, Paul McCartney, Bob Dylan, The Who e Neil Young.

Alguns fãs denominaram-no uma oportunidade única na vida. Talvez fosse mesmo: essa semana, quaisquer esperanças para um Desert Trip 2017 foram oficialmente encerradas.

Goldenvoice, a produtora de Los Angeles por trás do evento (bem como do anual Coachella Music and Arts Festival, no mesmo local) confirmou à Billboard que o Desert Trip não vai acontecer este ano.

"Nós amamos o festival de 2016", disse o executivo da Goldenvoice, Paul Tollett. "Talvez algum dia no futuro façamos algo similar."

O evento no sul da Califórnia em outubro passado foi um sucesso, arrecadando invejáveis US$ 160 milhões. A revista Rolling Stone disse que foi "uma celebração da composição duradoura e um zelo vintage na performance", e o The New York Times disse que os músicos "tocaram como se eles ainda tivessem algo para provar: não apenas longevidade mas um espírito rock durão".

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.