Depois de Winona, será vez de Michael Jackson

Fãs de julgamentos de celebridades têm programa marcadopara as próximas semanas, mesmo com o fim do processo contra Winona Ryder. Deve começar esta semana a escolha do júri de um casocontra Michael Jackson. A acusação contra o pop star é de queele abandonou os shows que tinha planejado para a virada domilênio, na Austrália e no Havaí. O processo é de Marcel Avram,ex-amigo e produtor dos eventos. Ele diz que Jacko tem de pagarUS$ 20 milhões em dívidas. O rei do pop também deve uma contahospitalar na Alemanha, cujo valor não foi especificado. A batalhano tribunal vai ser entre Zia Modabber, advogado do pop star, eSkip Miller, representante do produtor alemão. A presença deJackson na corte não é necessária, mas ele deve aparecer, segundoseu advogado.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.