Decretada prisão do suposto assassino do ex-noivo de Gretchen

A polícia civil de Pernambuco decretou na manhã de hoje a prisão preventiva do suposto assassino do ex-noivo da cantora Gretchen, Cláudio Farias, de 33 anos. Francisco Rodrigo Ferreira de Lima, conhecido como Matuto, foi denunciado por testemunhas e teve a autoria do crime confirmada pelas primeiras investigações policiais. Cláudio, que ficou nacionalmente conhecido no último mês de Julho, ao ser acusado pela própria cantora de tê-la espancado na véspera da data marcada para o casamento, foi encontrado morto, na manhã do do dia 1º dejaneiro, em uma rua do bairro de Boa Viagem, Zona Sul do Recife. De acordo com informações do diretor de Polícia Judiciária, Antônio Carlos Cavendish, uma irmã de Matuto, que nãoteve a identidade revelada, confirmou que a vítima freqüentava a favela Padre Giordano, em Boa Viagem, para comprardrogas. O crime teria sido cometido, segundo ela, depois de uma discussão entre Cláudio e Matuto, que estaria devendo dinheiro aocabeleleiro. Até o momento, o corpo de Cláudio permanece no Instituto Médico Legal (IML) à espera de familiares para fazer oreconhecimento. Gaúcho, de Porto Alegre, o cabeleleiro morava só no Recife. Cláudio, que foi capa da edição de dezembro da revista G Magazine era considerado simpático pelos vizinhos e nãotinha passagem pela polícia, apesar das denúncias de espancamento feitas pela ex-noiva, a cantora Gretchen. Como osparentes dele moram no Rio Grande do Sul e só souberam do assassinato no final da tarde de ontem, ainda não háinformações sobre onde ou quando acontecerá o sepultamento. A polícia trabalha com a hipótese da latrocínio (assalto seguido de morte) mas não descarta a possibilidade de ligação com otráfico de drogas, já que o corpo foi encontrado próximo a uma boca de fumo. Cláudio levou cinco tiros e foi encontrado sem o telefone celular. A carteira com seus documentos estava jogada próximo aocorpo. Uma hora antes do crime, o cabeleireiro teria sido visto pela última vez por um amigo, que chegou a lhe emprestar R$50,00.

Agencia Estado,

02 de janeiro de 2003 | 16h31

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.