De Black Sabbath a Tony Joe White, veja a semana do Foo Fighters na TV

Banda participou do 'Late Show com David Letterman' por vários dias, interpretou clássicos, estreou o single e contou com participações especiais; veja

O Estado de S. Paulo

20 de outubro de 2014 | 09h48

A banda americana Foo Fighters, que vem ao Brasil em janeiro de 2015, participou durante uma semana do Late Show with David Letterman, programa da rede americana CBS. Durante os cinco dias, eles tocaram músicas próprias, fizeram covers, contaram com participações especiais e estrearam o novo single, Something From Nothing.

O novo disco da banda liderada pelo ex-Nirvana Dave Grohl, Sonic Highways, sai no dia 10 de novembro. Uma série de TV documental que acompanhou a gravação do álbum por várias cidades dos Estados Unidos já estreou por lá, e chega ao Brasil no dia 30 de novembro no Canal BIS.

Veja a semana do Foo Fighters no Late Show:

Na segunda-feira, 13, eles tocaram o clássico do Black Sabbath War Pigs, ao lado do guitarrista americano Zac Brown:

Na terça-feira, 14, foi a vez das irmãs Ann e Nancy Wilson, da lendária banda Heart - que tem origens em Seattle - tocarem Kick It Out com Dave Grohl e companhia:

Na quarta, 15, o guitarrista e compositor da Lousiana, Tony Joe White, tocou o seu hit Polk Salad Annie com o Foo Fighters:

No mesmo dia, eles também tocaram Miracle, um single do álbum In Your Honor, de 2005, performance exclusiva para a web:

Na sexta-feira, 17, um dia depois da estreia mundial do single Something From Nothing, a banda tocou a música pela primeira vez ao vivo, com o suporte especial de Rick Nielsen:

Antes, na quinta, Dave Grohl assumiu seu lado baterista (como ele começou no Nirvana) e trocou de lugar com Taylor Hawkins, que cantou com Rick Nielsen Stiff Competition, do álbum Heaven Tonight, de 1978, do Cheap Trick:

Tudo o que sabemos sobre:
Foo Fighters

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.