Daniela Mercury estréia turnê em SP: faltou pique

A alegria e o carnaval presentes nos primeiros shows da carreira de Daniela Mercury estão sendo substituídos por uma cenografia luxuosa, uma iluminação impactante e um toque tecno um tanto suspeito nos arranjos das músicas. Apesar da bela voz que por várias vezes estorou nas paradas brasileiras ainda estar no CD e no palco de Sol da Liberdade, faltou o pique da baiana, que em outras temporadas rapidamente levantava o público paulistano e o fazia pular. Uma pena.Ao público restou contemplar a caprichada cenografia de Daniela Thomas, que deu ao palco uma cara bastante brasileira, com enormes miçangas pendendo do teto de cores e formas variadas, misturadas a um ar high-tech conferido pela iluminação. Deu também para aproveitar alguns sucessos antigos, como Rapunzel e O Canto da Cidade, e apreciar algumas músicas novas interessantes, como Ilê Pérola Negra e Sol da Liberdade - um legítimo samba-reggae sem as inovações eletrônicas de seus últimos trabalhos. E já que a empolgação no palco e no público não foi definitivamente a alma do show, curtir as canções menos agitadas foi um prazer, com destaque para Nobre Vagabundo e sua atual música de trabalho, Santa Helena.O show, que durou quase duas horas, teve presença de diversos famosos, como Marisa Orth, Tarcísio Filho, Astrid Fontenelle, Paula Lavigne, Eduardo Suplicy, e sua esposa, a candidata à Prefeitura de São Paulo, Marta Suplicy. Depois das três noites no Olympia, Sol da Liberdade deve seguir ao Rio de Janeiro e fechar o mês em Portugal. Daniela pela primeira vez entregou a direção do seu show a outra pessoa: a atriz Bete Coelho. A cantora chegou a dizer que Bete insistia para que ela dançasse mais nos ensaios de seus shows. Daniela afirmou ao Estadao.com.br que se surpreendeu ao saber que Bete também já foi bailarina: "às vezes eu ficava quieta, e ela me mandava dançar", disse a cantora sobre os ensaios com Bete. A diretora chegou a se deslocar até Salvador para convencê-la a mudar algumas coreografias e acrescentar novas. Pelo que se viu ontem, ela deveria ter seguido a recomendação.Serviço - Daniela Mercury. Sexta e sábado, às 22h30. De R$ 30 00 a R$ 60,00. Olympia. Rua Clélia, 1.517, tel. 3675-3999

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.