Daniela Mercury canta bossa nova. E jazz

Imagine a cantora baiana Daniela Mercury cantando músicas clássicas da bossa nova como Retrato em Branco e Preto, de Chico Buarque e Tom Jobim, e Vapor Barato, de Jards Macalé e Wally Salomão. Pois estas são algumas das composições escolhidas pela cantora para o show de estréia da série Credicard Vozes, que vai mostrar uma faceta mais intimista de Daniela, ao interpretar jazz, bossa nova e samba.O projeto do Bourbon Street tira da rotina as cantoras. Com Fernanda Abreu programada para novembro e Zélia Duncan, para dezembro, a série tem como propósito aproximar as cantoras do jazz, do blues e do soul, de acordo com o estilo da casa. Daniela, a soberana do samba-reggae que vem enveredando pela eletrônica, já foi cantora da noite. Ela será acompanhada por um quinteto de violão, piano, baixo acústico, percussão e bateria. "O show não tem nome, mas poderia se chamar De Onde Eu Vim. São minhas influências", disse ela, que incluiu no roteiro a canção dos Beatles And I Love Her para cantar agora. Daniela escolheu ainda um punhado de canções eternizadas por Gal Costa e Elis Regina, para quem quiser conferir.Daniela Mercury - Bourbon Street Music (R. dos Chanés, 127, Moema, tel.: 5095-6100). 22h30. Couvert artístico: R$ 75

Agencia Estado,

06 de outubro de 2004 | 17h22

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.