Daniel Boaventura lança o seu primeiro DVD como cantor

Show de lançamento será realizado nesta quarta-feira, 19, no palco do Teatro Abril, em São Paulo

DAIANE DOMINGUES – estadão.com.br,

19 Setembro 2012 | 10h50

(Daniel Boaventura durante show da turnê 'Songs 4 U', em SP. Foto: Divulgação)

Em seu primeiro DVD como cantor, Daniel Boaventura capricha nas sutilezas para compôr a desenvolta presença de palco no show da turnê Songs 4 U, realizado no Teatro Bradesco, em outubro do ano passado, na capital paulista. Atenção para a gravata do artista. Ela é um dos indícios do apreço pelo detalhe que reina durante toda a apresentação. Começa borboleta, depois se torna comprida, até sair do figurino. As transformações, propositais, acompanham as mudanças de um repertório inicialmente mais romântico e formal, que vai se tornando, com o desenrolar da performance, mais dançante e despojado.

Daniel Boaventura Ao Vivo, gravação captada pelas lentes do cineasta José Henrique Fonseca e que tem direção de fotografia de Lito Mendes da Rocha, chega às lojas neste mês acompanhado de CD duplo com o repertório do show. São 24 standards da música internacional, principalmente a norte-americana, como as clássicas New York, New York, imortalizada na voz de Frank Sinatra, e Suspicius Minds, sucesso de Elvis Presley.

A execução das canções foi pensada com a ajuda da diretora Tânia Martini, com quem o cantor já havia trabalhado nos musicais A Bela e a Fera (2002), My Fair Lady (2006) e Evita (2011). "A Tânia soube eliminar os meu vícios e ressaltar o que tenho de bom, por que, apesar de eu gostar do ramo das artes, sou essencialmente tímido", conta.

O show de lançamento do DVD e do CD duplo será nesta quarta-feira, 19, no palco do Teatro Abril, em São Paulo. Local ao qual Daniel Boaventura retorna amanhã para encarnar o patriarca do excêntrico clã protagonista do musical A Família Addams, em cartaz na cidade até o final do próximo mês. Foram os próprios diretores da montagem original, nascida na Broadway em 2010, que convidaram o ator para integrar o elenco da primeira versão internacional do espetáculo.

A superprodução é o 14º musical a estampar o currículo de Daniel Boaventura que, em pouco mais de duas décadas de carreira, transformou-se em um dos principais artistas do gênero no Brasil, acumulando prêmios e muitos elogios. São três troféus Qualidade Brasil conquistados na categoria Melhor Ator - pelos papéis nos grandiosos My Fair Lady (2006), Chicago (2004) e Vitor ou Vitória (2001) - e um Prêmio Sharp de Melhor Musical, em 1995, por Os Cafajestes, peça que o projetou no cenário teatral.

Teria sido esta longa e bem-sucedida trajetória a responsável por despertar no ator a vontade de também se lançar como cantor no mercado? Pelo contrário. Foi a paixão pela música (materializada na adolescência, vivida em Salvador, nas várias bandas criadas com os amigos e nas aulas de saxofone), aliada ao prazer em atuar, que levou o jovem universitário a participar de Cinema Cantado, em 1991. Detalhe: antes de estrear este musical, ele nunca havia assistido a um.

A dedicação ao teatro e à consequente carreira televisiva – em novelas e séries - afastou Daniel Boaventura do ofício de cantor até 2009, quando lançou Songs 4 U, um álbum em inglês. O segundo disco, Daniel Boaventura – Italiano, veio no ano seguinte, época em que interpretava um cantor/investigador na novela Passione. Juntos os trabalhos venderam mais de 80 mil cópias e originaram uma turnê pelo País.

(Show de lançamento do DVD será realizado nesta quarta, 19. Foto: Divulgação)

Ocupadíssimo. Além das apresentações como cantor e das encenações, de quinta a domingo, do musical A Família Addams, Daniel Boaventura estará próxima novela das sete da Rede Globo, o remake de Guerra dos Sexos, escrita por Silvio de Abreu, o autor do original exibido no início dos anos oitenta. O ator aparecerá nas telinhas, a partir de 1º de outubro, como o pilantra Nenê Stalone, morador do bairro paulistano da Mooca e irmão das personagens interpretadas por Drica Moraes (Nieta) e Glória Pires (Roberta). A promessa é de muitas risadas.

Olhando esta lotada agenda profissional (gravação de novela, shows e musical) a pergunta que se faz é: como Daniel Boaventura consegue dar conta? “Tomando guaraná e café”, responde o multi-artista em tom de brincadeira para, logo em seguida, revelar a fonte de tamanha disposição: “Gosto muito do que eu faço. Isso, por si só, é um estímulo”.

DANIEL BOAVENTURA

Teatro Abril. Av. Brigadeiro Luís Antônio, 411, Bela Vista. De R$ 60 a R$ 120.

Ingressos: www.ticketsforfun.com.br ou pelo telefone (11) 4003-5588.

Nesta quarta-feira, 19, às 21h.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.