Divulgação
Divulgação

Dan Bitney, do Tortoise, toca em SP com integrantes do Hurtmold

Projeto Spectrazil também conta com a participação de Carlos Issa e projeções da artista plástica suiça Selina Trapp

estadão.com.br,

09 de dezembro de 2011 | 18h39

SÃO PAULO - O multi-instrumentista Dan Bitney, membro de influentes bandas de post-rock como Tortoise e Isotope 217, toca na noite desta sexta-feira no Museu da Imagem e do Som (Mis).

 

O músico se apresenta ao lado de Maurício Takara e Guilherme Granado, do Hurtmold, Carlos Issa, do Objeto Amarelo, e da suíça Selina Trapp, em um projeto intitulado Spectrazil.

 

Na última quinta, Bitney trouxe pela segunda vez ao País o Spectralina, trabalho que desenvolve ao lado de Trapp que consiste em uma combinação audiovisual experimental em que a artista plástica manipula projeções permeadas por bateria e eletrônicos executados pelo norte-americano.

 

Hoje os brasileiros completam o time, o que deve garantir uma performance sônica ainda mais cáustica e imprevisível.

SERVIÇO

Spectrazil

09/12, 21 h - Auditório MIS

R$ 14,00 (inteira) e R$ 7,00 (meia)

Mis - Avenida Europa, 158, Jardim Europa, São Paulo | (11) 2117 4777

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.