Daddy será julgado segunda

O julgamento do rapper Sean Combs, mais conhecido como Puffy Daddy, está marcado para começar na segunda-feira. A decisão foi do juiz Charles Solomon, que terminou quinta-feira a escolha do júri. São cinco brancos e sete negros e hispânicos; cinco mulheres e sete homens. O rapper é acusado de porte ilegal de arma e de tentativa de suborno, relacionados com um tiroteio com três feridos no Club New York, uma boate de Times Square, em 27 de dezembro de 1999. O músico pode pegar até 15 anos de prisão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.