Dada: dez anos de rock independente

Seria redundante afirmar que a banda californiana Dada produz o tipo de música capaz de sensibilizar os ouvidos roqueiros mais (des)afinados. Mais do que isso. O trio formado por Joie Calio, Michael Gurley e Phil Leavitt desagrega formas sonoras convencionais e as reconstrói com entusiasmantes harmonias. Um trabalho musical belíssimo e que só não explodiu no Brasil por conta da necessidade episcopal das rádios e das gravadoras em manter políticas comerciais fundadas na religiosidade do mercado tradicional.E eles fazem rock por música. As letras inteligentes selecionam os ouvidos, a guitarra emoldura os arranjos e a bateria insiste em quebrar as repetições melódicas das imposições comerciais. Uma banda para todos os que gostam de deixar o rock rolar no player. Mas ela não é nova. Pelo contrário: como poucas, conseguiu sobreviver nesta década com uma espécie de marca registrada sonora em todos os CDs.O grupo completou dez anos de estrada nos EUA e já é considerado uma das mais importantes bandas de rock dos anos 90 por lá. Depois de três CDs intercalados por cinco singles eles conceberam o álbum chamado também de Dada em 1998, amadurecidos pela (r)evolução tecnológica. Nele, o trio visita a necessidade urbana e humana de informação, viaja pelo espaço exterior e interior das paixões e volta ao passado da sua própria trajetória, na Califórnia. Os títulos das canções embalam a qualidade do CD: Information Undertown, Playboy in Outerspace e California Gold são exemplos de virtuosidade da bateria de Phil Leavitt, da precisa guitarra de Michael Gurley e do bem arranjado vocal de Joie Calio. Tudo com nova gravadora, a MCA Records, que decidiu investir pesado no marketing, pois a antiga, IRS, não estava se alinhando com os objetivos do grupo. Basta visitar o site oficial, http://www.dadaland.com, e conhecer um pouco da qualidade musical deles.Mesmo para os iniciados, conseguir qualquer coisa destes rapazes por aqui pode custar tempo para garimpar um CD nas lojas de importados. Mas vale tentar. A outra dica é um pouco mais cara, mas funciona bem: comprar pela Internet. De qualquer jeito, um antigo ou um recente CD de Dada deve fazer você sentir alívio pela existência de bandas que não estão envolvidas com a globalização comercial do rock.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.