Cuba promove festival de Hip-Hop

O 6º Festival Cubano de Rap, que ocorre neste fim de semana, no anfiteatro de Alamar, bairro periférico de Havana, terá participação de grupos cubanos, mexicanos, espanhóis, peruanos, venezuelanos, canadenses, brasileiros e estadunidenses. A região onde o evento será realizado é o berço da cultura hip-hop na capital cubana. O festival cresceu em proporção, no entanto, terá uma ausência significativa. Trata-se do grupo Orishas, cujo álbum A Lo Cubano, faz enorme sucesso na ilha de Fidel. Paralelamente ao festival, os organizadores - a Associação Hermanos Saiz, o Instituto Cubano de Música e o Ministério da Cultura de Cuba -, organizaram um colóquio sobre cultura de rua que reúne musicólogos, pesquisadores e críticos locais e das universidades de Chicago e do Texas. Ademais, durante os próximos três dias, serão exibidos filmes estrangeiros e cubanos que enfocam as novas tendências da música e dança de rua.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.