Críticos aplaudem virtual despedida de Pavarotti

Luciano Pavarotti venceu a idade, a morte de sua mãe e, inclusive, os críticos londrinos com sua atuação em ?Tosca?, na Royal Opera. Nos jornais de sábado, a maioria dos críticos foi indulgente com o tenor de 66 anos e que, segundo uma especulação generalizada, não voltará a cantar uma ópera completa em Londres.A crítica deplorou o mau estado do cenário, emprestado da produção de Franco Zeffirelli, de 1964, mas elogiou a potente voz de Pavarotti. Ele atuou na sexta-feira, apesar da morte de sua mãe, na Itália. O tenor participava dos ensaios para a ópera de Puccini quando recebeu a notícia da morte de Adele, de 86 anos.Pavarotti foi à Modena, no norte da Itália para reunir-se com sua família, mas voltou à Londres em tempo de se apresentar. Em seu retorno à Royal Opera depois de quatro anos, ele previu atuar em ?Tosca? nos dias 15, 18 e 21 de janeiro.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.