Courtney Love pode ser presa se voltar para LA

A cantora Courtney Love, que está envolvida em quatro processos judiciais, pode ser presa se voltar para o estado americano da Califórnia, disse o advogado dela, Michael Rosenstein, se referindo à decisão de ontem do delegado da Corte Superior de Los Angeles, Dennis Mulcahy, de não retirar o pedido de prisão da cantora por não comparecer a uma audiência na corte em 7 de julho. Rosenstein disse que Courtney, de 40 anos, não compareceu à audiência pois precisou ser internada em um hospital de Nova York para tratar de um problema ginecológico. Desde então, ela foi declarada como fugitiva da justiça por faltar à primeira audiência do caso em que é acusada de tentar agredir uma mulher com uma garrafa de bebida em abril deste ano. O advogado da cantora espera conseguir levá-la a Los Angeles diretamente a um juiz, para que Courtney pague a fiança de US$ 150 mil e fique livre da prisão. Mulcahy remarcou a audiência para a tarde de hoje, mas não se sabe se Courtney vai comparecer.Courtney, viúva do ícone grunge Kurt Cobain e líder da banda Hole, ainda está sendo acusada de posse e uso de drogas em Beverly Hills e de comportamento violento em Nova York, devido a um incidente em uma boate em março deste ano.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.