Courtney Love não comparece a audiência em LA

A problemática roqueira Courtney Love recebeu uma notificação da justiça no dia seu aniversário de 40 anos por não comparecer a uma audiência hoje sobre o caso em que é acusada de agressão. Courtney estava em Nova York e se confundiu sem saber se deveria ir à corte de Nova York ou à da Califórnia, disse seu advogado, Michael Rosenstein. O delegado da corte, Dennis E. Mulcahy, disse que não haveria desculpa para a ausência da artista. Ele disse que ela pagou a fiança de US$ 55 mil, mas estabeleceu uma nova fiança, de US$ 150 mil. Courtney, ex-líder da banda Hole, passou por uma série de problemas legais e deve remarcar sua nova turnê para promover o novo CD, America´s Sweetheart. No mês passado, ela foi repreendida por um juiz de Manhattan por comparecer com mais de cinco horas de atraso para a audiência em que receberia as acusações por agressão e comportamento indevido por tentar agredir um fã com um microfone em março. Ela deve se apresentar àquela corte em 7 de setembro. Hoje, ela deveria ter comparecido à corte de Los Angeles para ouvir as acusações de tentativa de agressão por tentar atacar uma mulher de 32 anos com uma garrafa de bebida. As acusações se referem a um incidente de 25 de abril, quando Courtney invadiu a casa de seu ex-namorado e agente Jim Barber e agrediu uma amiga dele. Autoridades dizem que cocaína e outras substâncias tóxicas foram encontradas no sangue da roqueira quando ela foi presa depois de tentar invadir a casa de Barber. Ela se declarou culpada e concordou em entrar em um programa de reabilitação de drogados. Courtney, viúva do vocalista do Nirvana, Kurt Cobain, também está sendo acusada na Corte Superior de Beverly Hills por posse ilegal de analgésicos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.