Seattle Police Department/Reuters
Seattle Police Department/Reuters

Courtney Love escreveu nota encontrada na carteira de Kurt, diz biógrafo

Especialista na vida de Cobain disse que a cantora lhe escreveu um email explicando a situação

O Estado de S. Paulo

05 de maio de 2014 | 18h17

O biógrafo e jornalista especializado na vida de Kurt Cobain, Charles R. Cross, falou ao jornal britânico The Guardian que o verdadeiro autor do bilhete que estava na carteira do músico no dia de sua morte é, na verdade, Courtney Love. A nota, em tom sarcástico, era um costume do casal, e a caligrafia é da mulher, de acordo com Cross.

O bilhete foi divulgado na semana passada pela rede CBS, e foi encontrado pela polícia na carteira de Cobain no dia da sua morte, em 1994. O bilhete causou grande comoção ao ser atribuído a Cobain e por questionar o papel do casamento no suicídio do ex-líder do Nirvana.

Charles R. Cross é jornalista de Seattle, e escreveu diversos livros sobre Kurt Cobain e sobre o Nirvana, incluindo a biografia Heavier Than Heaven (Mais Pesado Que o Céu, publicada no Brasil pela Editora Globo em 2002, com tradução de Cid Knipel Moreira). Ele disse ao The Guardian que Courtney Love escreveu a ele um email nesta semana, explicando que dera a nota a Kurt antes do casamento deles, em 2001.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.