AP
AP

Corpo de Mercedes Sosa será cremado nesta segunda

Artista argentina morreu neste domingo em Buenos Aires; funeral está sendo realizado no Congresso

ARIEL PALACIOS, De O Estado de S.Paulo

04 de outubro de 2009 | 16h19

O corpo da cantora Mercedes Sosa será cremado nesta segunda-feira no cemitério de La Chacarita, em Buenos Aires. Uma parte de cinzas será espalhada em sua província natal, Tucumán, no norte da Argentina. Outra parte será colocada em Mendoza, província a qual Mercedes declarou grande amor. O restante das cinzas permanecerá em Buenos Aires, cidade onde a artista morava.

A cantora morreu na madrugada deste domingo, aos 74 anos, vítima de problemas renais e hepáticos que foram agravados desde a última quinta-feira com complicações cardíacas e respiratórias. O corpo de Mercedes está sendo velado no Congresso Nacional. Ao longo do dia, fãs e amigos acumulavam-se em uma longa fila do lado de fora do prédio para darem o último adeus à cantora.

Políticos e intelectuais argentinos expressaram seu pesar pela morte da cantora, que foi a "voz" dos exilados argentinos durante a última Ditadura Militar argentina (1976-83). Nos anos 70 e 80 foi símbolo da resistência às ditaduras militares na América Latina.

Mercedes Sosa trabalhou intensamente até poucas semanas atrás. No ano passado, em declarações à imprensa, havia sustentado que continuaria cantando "até os últimos dias" da vida, tal como uma cigarra. A intérprete havia sido internada no dia 18 de setembro na clínica de la Trinidad, no bairro de Palermo.

Mercedes Sosa possuía um vínculo especial com o Brasil, país onde esteve dezenas de vezes e possuía muitos amigos. Com vários deles protagonizou duetos que entraram para a história da música latino-americana. Entre as parcerias, ela cantou com Chico Buarque, Milton Nascimento, Gal Costa, Beth Carvalho e Maria Rita.  

Reportagem atualizada às 19h50.

 

Tudo o que sabemos sobre:
Mercedes Sosacantoraargentina

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.