José Patrício/Estadão
José Patrício/Estadão

Corpo de Dominguinhos terá novo sepultamento hoje em Garanhuns

Filho mais velho entrou com ação para atender à vontade do pai

Angela Lacerda - Recife, Agência Estado

26 de setembro de 2013 | 15h24

O corpo do músico José Domingos Moraes, o Dominguinhos, enterrado há dois meses no cemitério Morada da Paz, no município metropolitano de Paulista, terá novo sepultamento, nesta tarde (26), em Garanhuns, no agreste, onde nasceu.

O traslado ocorre com o acompanhamento da vigilância sanitária e é resultado de uma ação judicial impetrada pelo filho mais velho, Mauro Moraes, que queria atender à vontade do pai, expressa em uma entrevista ao radialista Geraldo Freire há dez anos. O músico disse, então, que gostaria de ser enterrado na sua cidade natal, Garanhuns.

Depois de deixar Paulista, pela manhã, o cortejo fez uma parada no restaurante Arriégua, no Recife, que era frequentado pelo sanfoneiro. Ali recebeu homenagem de amigos músicos.

Para receber o corpo de Dominguinhos, a prefeitura de Garanhuns construiu um mausoléu com sua foto. A decisão de enterrar o corpo na região metropolitana do Recife foi tomada por sua mulher Guadalupe,e a filha mais nova, Liv Moraes, à revelia da opinião de Mauro. Desta vez, os dois filhos participam do novo sepultamento sem desavenças.

Dominguinhos morreu no dia 23 de julho, aos 72 anos, no Hospital Sírio-Libanês, em São Paulo, depois de uma luta de seis contra um câncer. Ele foi enterrado dois dias depois no Morada da Paz.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.