Cordel do Fogo Encantado apresenta novo show

O grupo pernambucano Cordel do Fogo Encantado, que estourou em fevereiro de 1999, no Festival Rec-Beat, no Recife, se apresenta no Sesc Pompéia, com cenário novo e músicas inéditas, de hoje a domingo. "O que eu ouço é o pessoal de Pernambuco reclamar que nós não fazemos mais shows por lá", diz Lira Paes (mais conhecido como Lirinha), vocalista e líder do grupo, sobre a insatisfação dos fãs paulistas com a ausência do Cordel pelos palcos de Sampa. É um sinal do sucesso que os pernambucanos Lira Paes, Clayton Barros, Emerson Calado, Nêgo Henrique e Lucas dos Prazeres alcançaram em oito anos de trabalho. O show A Trajetória da Terra, que estreou em outubro e já passou por todas as capitais nordestinas, vai mostrar seis músicas inéditas, sendo quatro cantadas e duas instrumentais. A base do som continua percussiva - com o tom melódico de apenas um violão - e com muitas inserções eletrônicas, o que significa ruídos diversos, entre os quais conversas de familiares dos próprios integrantes, cantorias da avó e de festa de aniversário. Para os toques eletrônicos entrarem no tempo certo de cada música, o grupo utiliza um sampler e disparadores, que são como pedais de bateria. O novo álbum deve ser lançado no segundo semestre, sem data definida ainda. A prioridade agora é testar as idéias propostas pelo Cordel em público. A novidade da vez é a produção do primeiro DVD do grupo, que será gravado em Arcoverde, a cidade natal de três dos cinco integrantes do Cordel. O DVD ao vivo está previsto para ser lançado ainda no primeiro semestre deste ano, sob produção de Carlos Eduardo Miranda, que já trabalhou com mundo livre s.a. e Otto. Cordel do Fogo Encantado - Sesc Pompéia/Choperia. Rua Clélia, 93, Pompéia, 3871-7700. Hoje e amanhã, 21 horas; domingo, 18 horas. R$ 12,50 a R$ 25

Agencia Estado,

18 de fevereiro de 2005 | 11h12

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.