Cordas dominam 4.ª eliminatória do Prêmio Visa

As cordas são predominantes na quarta eliminatória do 7.º Prêmio Visa de Música Brasileira - Edição Instrumental. A partir das 21 horas de hoje, apresentam-se no Espaço Promon o bandolinista Aleh Ferreira, de São Paulo; o violonista Francisco Frias, de Niterói; o trio formado por Nelson Faria (guitarra), Ney Conceição (baixo elétrico) e Kiko Freitas (bateria), de Belo Horizonte; e Danilo Brito (bandolim), de São Paulo.Integrante do Trio Quintessência, compositor e arranjador, Ferreira é um campeão do choro, tendo vencido vários festivais do gênero, e ficou entre os semifinalistas do Visa em 2001. Ferreira é tido como um dos grandes renovadores do choro por unir a formação de regional típica do gênero com instrumentação clássica. É autor de suítes para violoncelo solo, um concerto para oboé, outro para clarinete e outras peças eruditas.Clássicos do gênero também fazem parte da iniciação de Danilo Brito, que aos 5 anos de idade já tocava algumas notas no bandolim do pai. Autodidata, desenvolveu o aprendizado freqüentando rodas de choro. Aos 13 anos, gravou o primeiro CD, Moleque Atrevido.As cordas de Francisco Farias - mestre em música pela Universidade de Miami e bacharel em violão pela Universidade Federal do Rio de Janeiro - transitam por vários estilos: jazz, música erudita, contemporânea e popular brasileira. Compositor, instrumentista e arranjador, tem entre os destaques de sua carreira trabalho em duo com o violonista Turíbio Santos.O trio de virtuoses Nelson Faria, Ney Conceição e Kiko Freitas vem há tempos acompanhando João Bosco. Para a apresentação de hoje eles trazem Partindo Pro Alto (Nelson Faria), Barquinho (Roberto Menescal / Ronaldo Bôscoli), Maxixe (Nico Assumpção) e Vera Cruz (Milton Nascimento e Marcio Borges).7.º Prêmio Visa de Música Brasileira ? Edição Instrumental. Livre. Espaço Promon (350 pessoas). Avenida Juscelino Kubitschek, 1.830, Itaim. Informações pelo tel. 2108-6771 ou pelo site www.premiovisa.com.br. Hoje (14/6), 21 horas. Grátis. Os convites devem ser retirados, na bilheteria, a partir das 14 horas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.