Copacabana hoje é a praia dos Rolling Stones

Uma tempestade de raios no final da tarde de sexta-feira e o súbito escurecimento do céu sob a orla de Copacabana assustaram os milhares de fãs dos Rolling Stones que já esperam pelo show de sábado espalhados pela praia. Os últimos dias foram de céu claro, sol e tempo agradável na cidade. A previsão do tempo para o sábado prevê sol, mas com pancadas de chuvas eventuais no Rio, o que já anima camelôs que vendem capas de chuva. A temperatura máxima ficará em 35º e a mínima em 21º. No início da noite, os Stones continuaram fazendo aparições nas sacadas do hotel Copacabana Palace, onde se hospedam. Ron Wood, guitarrista, apareceu vestindo uma camisa da seleção brasileira por volta das 19 horas. Seus técnicos testaram toda a tarde o som e as estruturas do palco, e cobriram com plástico transparente os espaços exclusivos nos balcões do hotel. Integrantes da banda eram aguardados na casa de espetáculos Claro Hall, na Barra da Tijuca, onde assistiriam ao ensaio da escola de samba Beija-Flor. Mick Jagger e seus parceiros rumariam para lá no início da madrugada de sábado. A casa não confirmava a visita.

Agencia Estado,

18 de fevereiro de 2006 | 00h36

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.