"Contabilidade" vence o festival da Cultura

A música Contabilidade, dos jovens autores e intérpretes Danilo Moraes e Ricardo Teperman, foi a grande vencedora do Festival Cultura - A Nova Música do Brasil, na noite de quarta-feira, no Sesc Pinheiros, em São Paulo. A dupla levou o prêmio, cerca de R$ 50 mil em dinheiro entre outras coisas, mas também um ensandecido coro de vaias. Nem o ministro da Cultura, Gilberto Gil, que entregou o prêmio ao primeiro colocado, conseguiu acalmar os ânimos. Em vão, ele ensaiou falar alguma coisa com o público. "Deixa eu falar, as vaias vão ser registradas em cartório", disse Gil, brincando, numa tentativa de amenizar a situação. Não adiantou e Gil acabou deixando o palco.A canção Achou! (de Dante Ozzetti e Luiz Tatit) ficou em segundo, mas de longe, era a preferida da platéia, que foi defendida com uma bela interpretação de Ceumar e contava com torcida organizada. A terceira colocação foi para Girando na Renda, de Pedro Luís, Flávio Guimarães e Sérgio Paes, outra que figurava entre as favoritas.Houve ainda premiações em outras categorias: o de melhor arranjo ficou para Swami Jr, por Contabilidade; melhor letra para Valter Braga, por Haicai Baião. O prêmio de melhor intérprete foi dividido entre Marcelo Pretto, que soltou a voz cheia de recursos na canção de Chico Saraiva, Startrek de Tacape, e Ana Luiza, na bastante vaiada Cassorotiba, de Marília Medalha e Dulcinéia Pilla.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.