Conheça os principais trechos de 'Il Trovatore', de Verdi

Ópera abre no sábado, dia 8, a temporada lírica do Teatro Municipal de São Paulo

João Luiz Sampaio, O Estado de S. Paulo

06 de março de 2014 | 18h05

A ópera "Il Trovatore", de Giuseppe Verdi, abre no sábado, dia 8, a temporada lírica do Teatro Municipal de São Paulo. John Neschling rege, Andrea De Rosa assina a direção cênica. No elenco, estão nomes como Stuart Neill, Denise de Freitas, Hui He e Rodolfo Giuliani. Abaixo, selecionamos seis vídeos com alguns dos principais momentos da ópera, em interpretações históricas ao longo do século 20.

Trio

Leonora ama Manrico, mas por acidente se declara para o Conde de Luna - e assim se estabelece, logo no primeiro ato, o triângulo amoroso que é pano de fundo da trama.

Ária de Azucena

Uma das contribuições de Verdi ao gênero operístico foi levar ao palco personagens marginalizados, como a cigana Azucena, que nesta ária, na qual conta sua história, é interpretada pela lendária Fiorenza Cossotto.

Ária do Conde de Luna

O “vilão” da história canta seu amor por Leonora, em um dos momentos mais difíceis e aguardados da partitura, aqui no voz de Ettore Bastianini, em 1963.

Ária de Manrico

A expressividade da escrita vocal de Verdi é tamanha que, em alguns momentos, ele consegue alternar do tom lírico ao heroico de modo rápido e eficiente. É o que acontece na ária “Ah Si Ben Mio”, de Manrico e, na sequência, em Di Quella Pira, com seus agudos temidos por tenores mundo afora.

Ária de Leonora

Ao longo da ópera, Leonora segue um trajeto de transformação, da jovem inocente à mulher mais madura e consciente de seu destino. E essa mudança fica claro em sua última ária, "D’amor sull’ali Rosee", aqui com Leontyne Price.

Cena final

O desfecho trágico da história, na voz de um elenco de sonho de qualquer amante de ópera: Franco Corelli, Leontyne Price, Robert Merrill e Irene Dalis, numa gravação dos anos 60 do Metropolitan Opera House de Nova York. 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.