Concerto na praia de Botafogo festeja 7 de setembro

A Orquestra Petrobras Pró-Música apresenta-se neste feriado, na enseada da praia de Botafogo, no Rio. Para comemorar a Independência, este será o maior evento que a orquestra já montou. O Concerto da Independência, sob a regência do maestro Roberto Tibiriçá, contará com a participação da Banda dos Fuzileiros Navais, um coral de 150 vozes, além da soprano Rosana Lamosa e do tenor Eduardo Itaborahy. O maestro Wagner Tiso estará ao piano, como já é praxe nas apresentações da orquestra. A expectativa é que um público de 100 mil pessoas compareça ao evento.A orquestra, formada por 70 músicos, está completando 13 anos e nunca havia se apresentado em um evento desse porte. A idéia do espetáculo na enseada partiu do maestro Tibiriçá, simpatizante dos concertos ao ar livre. A Petrobras Pró- Música faz turnês pelo País inteiro com uma média de quatro espetáculos por mês. Eles acabam de chegar de Sergipe, onde apresentaram um concerto de comemotação aos 500 anos do Brasil, no Parque da Sementeira, para um público de 2 mil pessoas. Em clima bem nacionalista, serão executadas obras de Villa-Lobos, como Invocação em Defesa da Pátria e Trenzinho Caipira. De Carlos Gomes serão apresentadas as peças A Alvorada da Ópera, O Escravo, a abertura de O Guarany e o dueto Peri e Ceci da mesma ópera. Além dos clássicos, a composição Suíte Cenas Brasileiras, de Wagner Tiso, completa o repertório. Fechando o espetáculo, a orquestra junta-se à banda sinfônica dos fuzileiros navais para executar a famosa Abertura Festiva 1812, de Tchaikowski. Não faltará a clássica Aquarela do Brasil, de Ary Barroso e a execução do Hino Nacional e do Hino da Independência.O maestro Roberto Tibiriçá está embarcando para Portugal, onde vai reger a Orquestra Metropolitana de Lisboa e fazer parte da banca de um dos maiores concursos de regência da Europa, o Concurso Internacional de Regência de Lisboa.Concerto da Independência - Orquestra Petrobras Pró-Música. Dia 7 de setembro, às 17h, na Enseada de Botafogo

Agencia Estado,

07 de setembro de 2000 | 01h51

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.