Concerto com Plácido Domingo atrai personalidades em Berlim

A soprano Anna Netrebko e os tenores Plácido Domingo e Rolando Villazón fizeram na última sexta-feira um concerto em Berlim, transmitido para 60 países, que serviu de aperitivo para a festa de encerramento da Copa do Mundo, diante de cerca de 20 mil pessoas. A chanceler Angela Merkel, ministros, personalidades do esporte como o ex-jogador alemão Rummenigge, empresários, aristocratas e até o ex-presidente mexicano Ernesto Zedillo marcaram presença no evento, ao lado de cidadãos comuns que pagaram 45 euros pela entrada mais barata e até 1.100 euros nas mãos de cambistas.Argumentos não faltam àqueles que tiveram de gastar grandes somas em dinheiro para assistir ao concerto. Esta foi a primeira vez que Domingo, Villazón e Netrebko dividiram o mesmo palco, e ninguém descarta a hipótese de que esse trio volte a se reunir em 2010.Em 7 de julho de 1990, durante o Mundial da Itália, Plácido Domingo, Luciano Pavarotti e José Carreras cantaram pela primeira vez juntos, originando os Três Tenores, trio que popularizou concertos do gênero entre milhões de pessoas.O palco da apresentação de sexta não poderia ser mais simbólico, apesar da ameaça de chuva: o Waldbüne de Berlim, anfiteatro ao ar livre situado em uma área verde próxima ao Estádio Olímpico, onde França e Itália brigam pelo título mundial no domingo.O concerto, intitulado Música para uma Noite de Verão, foi retransmitido pela rede de televisão alemã ZDF a países como Noruega, Áustria, França, Afeganistão, Índia e regiões da América Latina.Os três - a soprano russa Anna Netrebko e os tenores Plácido Domingo, espanhol, e Rolando Villazón, mexicano - mostraram entrosamento e harmonia. Famílias inteiras foram ao concerto com crianças, cobertores e cestas com alimentos para prestigiar a apresentação.

Agencia Estado,

08 de julho de 2006 | 14h10

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.