Reuters
Reuters

Comprem CDs de Louis Armstrong e não os meus, diz Elvis Costello

Cantor ironizou o preço determinado pela Hip-O Records para a edição especial de uma caixa de discos com previsão de lançamento para dezembro

REUTERS

29 de novembro de 2011 | 14h56

LONDRES (Reuters) - O cantor e compositor britânico Elvis Costello disse a seus fãs para não comprarem uma caixa cara de CDs dele que será colocada à venda no mês que vem. Ele recomendou, em vez disso, que comprem algo de Louis Armstrong.

Costello, cujo nome verdadeiro é Declan MacManus, disse em um post no seu blog oficial que o preço para venda online de US$ 202,66 para The Return Of The Spectacular Spinning Songbook "parece ser um erro de impressão ou uma brincadeira".

"Se você quer comprar algo especial para seu amado nesta época de presentes, sugerimos Ambassador Of Jazz - uma pequena malinha de imitação contendo 10 álbuns remasterizados de um dos mais belos e queridos revolucionários que já viveu -- Louis Armstrong."

A música, acrescentou ele, é "muitíssimo superior" e custa menos de 150 dólares.

Embora os comentários de Costello possam constranger o selo pelo qual grava, eles também geraram publicidade considerável à edição "super deluxe", que estará disponível a partir de 6 de dezembro.

O cantor de 57 anos ressaltou que a mesma música estará disponível no ano novo a preços mais acessíveis.    

 

 

 

Tudo o que sabemos sobre:
MUSICAELVISCOSTELLO*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.