Reprodução/Instagram
Reprodução/Instagram

Compositor Fernando Magarça é morto a tiros no Rio

Ele tinha 53 anos e participou de apresentações com Alcione, Zeca Pagodinho, Dudu Nobre, entre outros

Marcio Dolzan, O Estado de S. Paulo

04 de agosto de 2022 | 09h33

RIO - O compositor Fernando Alberto da Silva, de 53, conhecido como Fernando Magarça, foi morto na tarde dessa quarta-feira, 3, próximo ao carro que dirigia em Guaratiba, na zona oeste do Rio. Magarça era conhecido no meio musical e participou de apresentações com Alcione, Zeca Pagodinho, Dudu Nobre e Xande de Pilares, entre outros.

O caso está sendo investigado pela Delegacia de Homicídios, sendo que uma das hipóteses investigadas é uma briga de trânsito. “A perícia foi feita no local e os agentes realizam diligências para esclarecer a autoria e a dinâmica do crime. A investigação está em andamento”, informou a Polícia Civil.

O corpo de Fernando Magarça foi encontrado por policiais militares depois que eles foram “acionados para atender ocorrência de disparos de arma de fogo”. Segundo a PM, quando eles chegaram ao local encontraram o compositor já morto. Até o momento, ninguém foi preso.

Ouça músicas de Fernando Magarça

 

 

 

Tudo o que sabemos sobre:
músicahomicídioFernando Magarça

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.