Compositor de 'Ain't No Mountain High Enough' morre aos 70

O compositor norte-americano Nickolas Ashford, autor, em parceria com sua esposa, Valerie Simpson, de hits do rhythm and blues como "Ain't No Mountain High Enough" e "I'm Every Woman", morreu na segunda-feira, aos 70 anos.

REUTERS

23 de agosto de 2011 | 09h00

Sua agente, Liz Rosenberg, disse que ele tinha câncer e morreu junto à família em um hospital de Nova York.

Nascido na Carolina do Sul, Ashford se mudou para Nova York para tentar a carreira artística, mas acabou virando sem-teto. No começo da década de 1960, ele conheceu Simpson, que tocava piano e cantava no coro da Igreja Batista White Rock, no Harlem.

A dupla começou a compor junta e estourou em 1966, quando Ray Charles lançou "Let's Go Get Stoned". Os parceiros viraram cônjuges em 1974, e continuaram criando sucessos. Foram contratados em 1967 pela gravadora Motown, onde escreveram o clássico "Ain't no Mountain...", gravado por Marvin Gaye e Tammi Terrell.

"I'm Every Woman" foi gravada por Chaka Khan e depois por Whitney Houston, e durante uma época foi o tema de abertura do programa de Oprah Winfrey.

Ashford e Simpson foram incluídos em 2002 no Hall da Fama dos Compositores.

(Reportagem de Alex Dobuzinskis)

Tudo o que sabemos sobre:
MUSICAASHFORDMORTE*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.