Comercial de Beyoncé sofre restrições no Reino Unido

Cantora aparece sensualíssima em propaganda de nova fragrância

Estadão.com.br,

17 de novembro de 2010 | 14h12

Um comercial para promover o novo perfume da cantora Beyoncé tem causado polêmica. A Advertising Standards Authority (ASA), entidade que regula a propaganda publicitária no Reino Unido, proibiu a veiculação da peça antes das 19h30. Segundo a ASA, o vídeo é "muito provocativo" para ir ao ar antes desse horário.

 

Para a entidade, a propaganda - em que Beyoncé aparece acariciando o próprio corpo e em movimentos sensuais após usar a fragrância - é inapropriada para crianças pequenas. O vestido com decote generoso usado pela cantora no comercial também deixa exposta parte dos seios de Beyoncé. Segundo o jornal The Guardian, membros da ASA receberam inúmeras reclamações após a veiculação do comercial no meio do dia.

A empresa Coty UK, que produz a fragrância Heat em parceria com Beyoncé, defendeu o comercial dizendo que a intenção era mostrar o estilo pessoal da cantora, chique e sexy.

Tudo o que sabemos sobre:
beyoncéheatpropaganda

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.