Começa festival de Verão em Tenerife

O festival Son Latinos 2000, que pretende reunir os representantes mais importantes da música latina, de ambos os lados do atlântico, começou hoje com um público superior a 200 mil pessoas. Este é o terceiro ano consecutivo que o festival é realizado na cidade de Santa Cruz de Tenerife, Espanha. O evento chama atenção pela estrutura monstruosa montada na Praia central da Cidade. O palco, com 30 metros quadrados é abastecido por som e luzes que superam os 100 watts de potência. A abertura ficou a cargo do grupo argentino King Africa, que sofreu com problemas de som antes e durante o espetáculo. Com o hit La Bomba, colocaram os presentes para dançar nas areias da praia. Evento familiar, crianças e seus pais se moviam ao ritmo "caliente" dos argentinos, que estão com a agenda lotada neste verão europeu - tocam quase todas as noites. Depois dos argentinos, sobem ao palco a Orquestra Caracas Latin Brothers, que acaba de lançar Caracas a dos mil, e as bandas espanholas Los Sabandeños, há mais de trinta anos sucesso no mundo pop europeu, Mestisay e Arístides Moreno.No início da madrugada, a cubana Lucrecia apresenta a música típica das Antilhas. A primeira atuação de Ketama após o estouro nas paradas de sucesso da Alemanha, ocorrerá logo após o show de Lucrecia. O trio espanhol é o mais esperado para se apresentar neste festival. Fecham a noite o colombiano Carlos Vives e a banda Amigos Invisibles, última descoberta de David Byrne.

Agencia Estado,

26 de agosto de 2000 | 19h02

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.