Associated Press
Associated Press

Com Jesus, Madonna visita o Muro das Lamentações em Israel

Cantora se prepara para duas apresentações no país e aproveita para visitas de sua doutrina cabalística

Efe,

31 de agosto de 2009 | 10h03

A cantora americana Madonna visitou o Muro das Lamentações, o lugar mais sagrado para o judaísmo, em Jerusalém nesta segunda-feira, 31. A estrela do pop visitou o monumento aproveitando sua chegada a Israel para seu primeiro show no país em 16 anos.

 

Madonna chegou ao aeroporto de Tel Aviv na madrugada do domingo com seus filhos e com o modelo brasileiro Jesus Luz, com quem especula-se que tenha um caso, e na mesma noite se dirigiu ao Kotel, nome oficial do Muro das Lamentações, segundo informou a imprensa israelense. A visita ocorreu de forma secreta para proteger a cantora, que esteve a todo momento rodeada por policiais e agentes de segurança. Madonna também visitou as ruínas arqueológicas que ficam embaixo do monumento.

 

Mesmo não sendo judia, a cantora é seguidora da Cabala (sistema de interpretação mística e alegórica do Antigo Testamento). Desde que deu início a sua fé cabalística, Madonna prefere que a chamem pelo nome judaico de Esther, não faz concertos às sextas-feiras à noite para respeitar a jornada sabática e, segundo algumas informações, segue as estritas regras de alimentação kosher.

 

Ainda que os compromissos de Madonna não tenham sido divulgados, espera-se que sua estada em Israel seja marcada pela visita a Safed, local onde estão situadas tumbas de sábios talmúdicos e por sua participação em um evento da Cabala.

 

Nesta semana, Madonna fará dois shows em Tel Aviv. As apresentações, que fazem parte da turnê "Sticky and Sweet", serão realizados no Parque Hayarkon. Essa é a segunda passagem da cantora por Israel, quando tocou também em 1993 pela turnÊ "The Girlie Show".

 

Nos últimos anos, Madonna visitou o Estado Judeu em duas ocasiões, 2004 e 2007, ambas em uma viagem particular de peregrinação. Na última vez em que esteve em Israel, foi como convidada do Centro de Cabala com seu então marido, Guy Richie, sua amiga Demi Moore e o marido desta, Ashton Kutcher.

 

Na ocasião, Madona viajou a Israel para as celebração da festa do Rosh Hashana, o ano novo judeu, e se encontrou com o presidente israelense Shimon Peres. Desta vez. A cantora deve se encontrar com o atual primeiro-ministro Benjamin Netanyahu.

Tudo o que sabemos sobre:
MadonnapopmúsicaIsraelcelebridades

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.