AP
AP

Com chuva, lama e dança, Lollapalooza chega ao final

Mais de 270.000 pessoas passaram pela 20ª edição do festival

Michael Hirtzer, REUTERS

08 de agosto de 2011 | 09h39

CHICAGO (Reuters) - Orelhas de rato no chão. Parecia um final adequado para encerrar o Lollapalooza, que começou na sexta-feira com tempo quente e ensolarado, mas terminou na noite de domingo como uma festa dançante no meio da chuva e da lama.

O artista canadense de house progressivo deadmau5 (pronuncia-se "dead mouse", ou "rato morto") foi um dos destaques na noite de encerramento, junto com o Foo Fighters.

Dezenas de milhares de fãs chacoalhavam em meio às poças sob o ritmo pulsante de deadmau5, e muitos usavam na cabeça as orelhas de rato que identificam o artista.

Estima-se que 270 mil pessoas tenham ido ao evento na sua edição de 20 anos - ele foi fundado em 1991 por Perry Farrell, vocalista da banda Jane's Addiction. Os ingressos estavam esgotados.

Os destaques do primeiro dia foram os roqueiros britânicos do Coldplay e do Muse. O sábado foi dominado pelo hip hop (Eminem, Atmosphere), pelo neo-soul (Cee Lo Green) e pelo country.

Ao todo, 140 artistas passaram pelos oito palcos do festival durante os três dias. Os dois principais palcos estavam em cantos opostos de um amplo parque, separados por quase dois quilômetros.

 

Confira fotos do festival

 

 

Assista trecho da apresentação do Coldplay

 

Tudo o que sabemos sobre:
MUSICALOLLAPALOZAENCERRA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.