Coletânia rende homenagem a Jimi Hendrix

No mês em que se completa 30 anos da morte de Jimi Hendrix, a Universal lança uma coletânia. Serão quatro álbuns, num total de 56 músicas, incluindo também as inéditas. The Jimi Hendrix Experience fará uma retrospectiva da carreira de uma das maiores estrelas do rock, que morreu em Londres dia 18 de setembro de 1970, aos 27 anos.Entre os inéditos serão incluídos as primeiras músicas do guitarrista ao lado de Noel Redding e do baterista John "Mitch" Mitchell, no dia 18 de outubro de 1966 no mítico teatro Olympia de París, onde participou da primeira parte do show do roqueiro francês Johnny Hallyday. "Redding e John haviam descoberto Hendrix poucos dias antes do show durante uma visita ao Blaise´s,( um bar londrino). Ao o verem tocar ficaram estarrecidos e no intervalo perguntaram se ele estava disponível para ir tocar com eles", contou Yazid Manou, especialista nas obras de Hendrix."Hendrix aceitou imediatamente. Mais tarde, Redding, Mitchell e o guitarista formariam o The Jimi HendrixExperience?, completou Manou. Deste episódio estarão presentes Hey Joe y KillingFloor, duas das três canções que Hendrix interpretou para o público londrino. A coletânia inclui ainda várias outras canções de Jimi que nunca foram editadas. Slow Blues foi gravada dia 20 de agosto de 1970, menos e um mês antes de sua morte. Seus admiradores também encontraram numerosas gravações durante suas participações em diversos concertos, como no Festival de Monterey na California en 1967 , no Royal Albert Hall de Londres, em 1969, e no Festival na ilha de Wight, dia 30 de agosto de 1970, sua última apresentação.Foxy Lady, Highway Chile, Burning Of The Midnight Lamp, Red House, Message To Love também estarão na coletânea que terá lançamento mundial.

Agencia Estado,

07 de setembro de 2000 | 14h08

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.