Coleção particular de disco de Elvis Presley é revisada

Graceland e Elvis Presley Enterprises informaram que cerca de mil LPs e singles da coleção particular de discos de Elvis Presley foram catalogados. Segundo os arquivistas, não é possível separar os discos por gênero, já que vários cantores mudaram de estilo ao longo da carreira.O disc jockey George Klein, amigo do cantor, afirmou que um dia perguntou ao Rei do Rock porquê ele gostava dos cantores de ópera Mario Lanza e Enrico Caruso. Segundo Klein, Elvis respondeu que ?pode gostar do melhor de tudo (de qualquer gênero)?. O porta-voz de Graceland, Todd Morgan, confirmou que apenas um disco de ópera, de Lanza, foi encontrada na discoteca do Rei. Morgan comentou que a música negra e a gospel dominam a maioria dos títulos. Outro amigo de Elvis, Red West comentou que não é necessário conhecer a lista para saber que as canções gospel eram as favoritas de Elvis e as mais tocadas pelo cantor na intimidade.Entre seus grupos favoritos estavam Harmonizing Four, Golden Gate e os cantores de gospel que o cantor admirava eram Jimmy Jones, Jake Hess e Mahalia Jackson. As canções de amor cantadas pelos The Platters e Ink Spots também tocavam na vitrola de Elvis.Há várias cantoras na coleção catalogada, mas as favoritas do cantor eram Anne Murray, Vicki Carr, Jackson, Della Reese, Dionne Warwick, Gentry, Leslie Uggams, Timi Yuro, Andrews Sisters, McGuire Sisters e o grupo de apoio de Elvis, os Sweet Inspirations. Elvis Presley recebeu três prêmios Grammy durante sua carreira, todos eles por gravações de músicas gospel, também chamada de spirituals. Em 1967, Elvis lançou o disco How Great Thou Art, que traz o cantor interpretando uma seleção de 14 músicas que até hoje podem ser ouvidas nos cultos religiosos das igrejas ao redor dos Estados Unidos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.