Cocaína mata baixista do The Who

A morte do baixista do The Who, John Entwistle, ocorrida em um quarto do hotel Hard Rock, em LasVegas, foi causada por problemas cardíacos agravados pelo uso de cocaína. O resultado da autópsia foi divulgado na quinta-feira e indicou que uma insuficiência cardíaca afligia o músico da célebre banda há alguns anos.Segundo os médicos legistas o baixista do The Who não morreu de overdose, mas de uma combinação da droga com uma falha cardíaca. A polícia de Las Vegas arquivou como "acidental" a morte de Entwistle, aos 57 anos, ocorrida em 27 de junho, um dia antes do início da turnê do grupo pelos Estados Unidos. A banda contratou provisóriamente, um outro baixista para fazer a turnê.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.