Clapton em SP: falta ingresso até para os cambistas

No início foi o susto. Para muitos, nem o show do "deus da guitarra" Eric Clapton justificaria o preço de ingressos a R$ 300. Mas o fato é que eles evaporaram há uma semana. Os demais, de R$ 50 a R$ 200, também sumiram das bilheterias. Está difícil até para os fãs mais desesperados que deixaram para a última hora. Estão nas mãos dos cambistas, que sempre aparecem nas imediações do estádio momentos antes do show - mas mesmo assim serão poucos os bilhetes e em lugares ruins.Um atravessador com mais de 20 de experiência, que naturalmente não quis se identificar, foi contatado pela reportagem e lamentou: "Venderia um desses de R$ 300 por uns R$ 450. E os que valem R$ 50 poderiam ser vendidos por uns R$ 65. Mas a coisa está feia. Compraram tudo." Na manhã de ontem, a reportagem tentou localizar outros cambistas, mas não conseguiu. Eles não estavam em nenhum dos pontos-de-venda, bilheterias do Directv ou do Credicard Hall, onde costumam aparecer para encontrar compradores.Trânsito - A Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) contará com um esquema de trânsito especial na região do Estádio do Pacaembu no horário do show, que começa às 21h30. A Rua Desembargador Paulo Passalaqua poderá ser interditada no início da noite. Se isso ocorrer, os motoristas que vierem pela Avenida Pacaembu, sentido Av. Dr. Arnaldo, serão desviados para a Av. Arnolfo Azevedo, Rua Almirante Pereira Guimarães ou Cardoso de Almeida.A CET pede para que os motoristas evitem a Avenida Pacaembu a partir das 17 h. Os ônibus circularão normalmente e os metrôs das estações Clínicas, Sumaré e Barra Funda contarão com reforços.

Agencia Estado,

11 de outubro de 2001 | 12h14

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.